Páginas

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Ophiuchus - O 13º ZODIACO OU O ZODIACO DA DESTRUIÇÃO


Ophiuchus, o Serpentário, é uma constelação do zodíaco. O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Ophiuchi. Representa-se o serpentário como um homem segurando a Serpente, que fica dividida em duas partes no céu, Serpens Caput e Serpens Cauda, sendo mesmo assim contadas como uma única constelação.

RS Ophiuchi, uma estrela muito fraca, é parte de uma classe bizarra conhecida como "novas recorrentes", cujo brilho aumenta em intervalos irregulares, centenas de vezes em poucos dias. A Estrela de Barnard, a quinta estrela mais próxima do Sol, também está nesta constelação. Outro sistema que faz parte da constelação é o 36 Ophiuchi.

De acordo com as fronteiras modernas, suas vizinhas são Hercules, Serpens Caput, Libra, Scorpius, Sagittarius, Serpens Cauda e Aquila.

Embora já fosse conhecida na Antiguidade, quando se formularam as regras da Astrologia, não é admitida no zodíaco porque há 3 mil anos estava longe da eclítica. Porém, com a precessão dos equinócios, já se situa entre Sagitário e Escorpião.Na verdade as próprias constelações do Zodíaco não seguem mais o ritmo descrito na Astrologia atualmente, se posicionado mais atrasadas em relação aos dias estipulados; Os astrólogos herméticos usam a elipse como estava disposta na Antiguidade, e excluem Ophiucus.

Por volta de 2012, estaremos no caminho do 13º sinal, “OPHIUCHUS“.
É tudo sobre o nosso posicionamento no centro da Galáxia e da precessão do equinócio.
Ou seja, o planeta Terra vai entrar em uma nova órbita até 2012, de um ciclo de 13000 anos.
Este acontecimento também é conhecido como tempo do Jaguar.
Ophiuchus está situado entre Escorpião e Sagitário sobre o Zodíaco.
Está associado a Serpente e também a outros Deuses, como Esculápio, o doutor Voodoo.
Listado na constelação Ptolomeu’s, costumava ser um dos sinais de domingo, do elemento Fogo.
Ophiuchus traz escondido o sinal de que vai trazer renovação e muita transformação ao planeta Terra.

4 comentários:

ana.c92 disse...

Ola. ja andei a ler alguma coisa sobre esse novo simbolo.
Mas uma coisa ainda nao percebi, porque dizem que nao se devia saber dessa constelaçao?

ana.c92 disse...

signo*

ana.c92 disse...

signo*

Ronald Mattos disse...

Prezados:

Ophiucus é o elemento chave de grandes transformações que teremos que enfrentar em breve.
Não se admite publicamente Ophiucus porque terão de explicar que já tivemos ciclos anteriores de civilizações que se foram, porque agiram da mesma forma que nós agora, ou seja, com desdém e descrença.
Os atlantes, os lemurianos, entre outros sumiram da face da Terra e esta está sempre se renovando a cada ciclo.
A "ARCA DE NOÉ" é uma alegoria e é claro que um barco de madeira jamais iria transportar tantos animais, plantas ,etc. É óbvio que naves-mãe vieram e recolheram esses seres e depois da Terra ter se equilibrado novamente, retornaram e devolveram todos.
O que não se fala abertamente, por questões de pânico e desestabilização das relações sociais e econômicas, é que o Sol passará por região da Via Láctea(ciclo) e sofrerá influência de corpo superdenso que lá existe e isto desequilibrará seu campo magnético, levando-o a emitir os chamados superflares.
Esses superflares impactam o campo magnético da Terra e podem chegar a rompê-lo, expondo o eixo magnético a cargas altíssimas. Essa exposição pode causar um curto-circuito no eixo e paralisá-lo repentinamente, com todos os efeitos disso na crosta da Terra(maremotos, terremotos, auroras boreais nos trópicos e mesmo no equador).
Se você acha tudo isso um sonho, uma viagem, não se preocupe, fique esperando o Willian Bonner dizer isto no Jornal Néscional.
Sds,